Exportar registro bibliográfico

Importância da atuação do farmacêutico em equipe multidisciplinar junto aos portadores de esclerose múltipla para a melhoria da qualidade de vida, visando a integralidade do cuidado em saúde (2019)

  • Autores:
  • Autor USP: YOO, LUANA MI LI - FCF
  • Unidade: FCF
  • Assuntos: ESCLEROSE MÚLTIPLA; QUALIDADE DE VIDA; REABILITAÇÃO; SERVIÇOS FARMACÊUTICOS
  • Idioma: Português
  • Resumo: INTRODUÇÃO: A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença incurável, imprevisível, de rápida progressão e severamente debilitante que atinge a população globalmente. Assim como qualquer outra doença crônica, seus portadores sofrem a perda de seu espaço e papel na sociedade, diminuindo, como consequência, o bem-estar dos mesmos. Algo que também dificulta essa aceitação pela população é o fato de que a EM é pouco conhecida, uma vez que os sintomas não são visíveis, isto é, são mais silenciosos e, portanto, de difícil identificação e compreensão. Esses sintomas são, em sua maioria, controlados por regimes medicamentosos em longo prazo, porém, estudos demonstraram que a aplicação desse tipo de tratamento associado às intervenções psicológicas, físicas e emocionais são mais eficientes. Para isso, faz-se necessária a participação do farmacêutico em equipe multidisciplinar no tratamento da doença e na reabilitação. O farmacêutico atua dentro dessa equipe fornecendo o suporte necessário e garantindo a segurança e a eficácia do tratamento, para a melhoria da qualidade de vida tanto dos pacientes, quanto dos cuidadores e familiares que, por sua vez, devem proporcionar suporte importante aos portadores. OBJETIVO: Identificar, no cenário atual, qual o papel do farmacêutico e como a sua presença em uma equipe multidisciplinar no tratamento da esclerose múltipla pode influenciar e impactar na melhora daadesão ao tratamento e da qualidade de vida do paciente, assim como na qualidade de seus cuidadores e familiares. MATERIAL E MÉTODOS: Levantamento bibliográfico de artigos e outras publicações científicas por meio de base de dados e websites que gerem embasamento científico para a temática levantada. Os sites de busca incluem Pubmed, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Web of Science, SciELO e MedLine. RESULTADOS: A presença de uma equipe multidisciplinar no tratamento da EM permite que grande parte dos sintomas seja tratada, uma vez que quanto maior a diversidade de profissionais da saúde disponíveis, melhor a efetividade no tratamento desse agravo à saúde. Visando trazer melhorias à vida e à saúde do paciente e do cuidador, o farmacêutico possui, resumidamente, as seguintes funções: o acompanhamento farmacoterapêutico, cuja finalidade é identificar problemas como interações medicamentosas ou baixa adesão ao tratamento, que possam estar comprometendo os resultados terapêuticos, e propor soluções ao usuário e à equipe; a prática de ações para avaliar e promover a adesão terapêutica por meio da redução da complexidade do tratamento e de múltiplas estratégias, como orientação ao usuário em tratamento com vários medicamentos de uso contínuo; o aconselhamento e na educação do usuário; e a diminuição dos custos. A ação conjunta do farmacêutico com o restante da equipe multidisciplinar demonstrou uma melhor prestação de serviço e atendimento, aumentando a adesão ao tratamento e, consequentemente, a qualidade de vida do paciente e de terceiros. CONCLUSÃO: A inserção do farmacêutico na equipe multidisciplinar é essencial para um tratamento da EM mais integrado, seguro e efetivo, o que proporciona resultados clínicos para os pacientes, com consequente melhoria na qualidade de vida.Porém, é necessário que a atuação do farmacêutico nesse meio seja estimulada e melhor trabalhada
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão Publicada3053974.pdfDirect link
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YOO, Luana Mi Li. Importância da atuação do farmacêutico em equipe multidisciplinar junto aos portadores de esclerose múltipla para a melhoria da qualidade de vida, visando a integralidade do cuidado em saúde. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019. Disponível em: https://repositorio.usp.br/directbitstream/048bb49e-b717-4510-9994-96e23a7ba346/3053974.pdf. Acesso em: 05 jul. 2022.
    • APA

      Yoo, L. M. L. (2019). Importância da atuação do farmacêutico em equipe multidisciplinar junto aos portadores de esclerose múltipla para a melhoria da qualidade de vida, visando a integralidade do cuidado em saúde (Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação). Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://repositorio.usp.br/directbitstream/048bb49e-b717-4510-9994-96e23a7ba346/3053974.pdf
    • NLM

      Yoo LML. Importância da atuação do farmacêutico em equipe multidisciplinar junto aos portadores de esclerose múltipla para a melhoria da qualidade de vida, visando a integralidade do cuidado em saúde [Internet]. 2019 ;[citado 2022 jul. 05 ] Available from: https://repositorio.usp.br/directbitstream/048bb49e-b717-4510-9994-96e23a7ba346/3053974.pdf
    • Vancouver

      Yoo LML. Importância da atuação do farmacêutico em equipe multidisciplinar junto aos portadores de esclerose múltipla para a melhoria da qualidade de vida, visando a integralidade do cuidado em saúde [Internet]. 2019 ;[citado 2022 jul. 05 ] Available from: https://repositorio.usp.br/directbitstream/048bb49e-b717-4510-9994-96e23a7ba346/3053974.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da Universidade de São Paulo     2012 - 2022