Exportar registro bibliográfico

Ligas Ni-Ti (Nitinol) com efeito memória de forma: futuro ou utopia? (2018)

  • Autores:
  • Autor USP: SERTORIO, AMANDA RODRIGUES - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PMT
  • Assuntos: DESGASTE; ELASTICIDADE
  • Idioma: Português
  • Resumo: A liga de Nitinol foi desenvolvida nos anos 60 e , com o passar dos anos, suas propriedades singulares, como o Efeito Memória de Forma (EMF) e a Superelasticidade, foram descobertas e exploradas de modo a expandir o campo de aplicações da liga. Com os avanços nos estudos, entende-se que tais propriedades estão ligadas à Transformação Martensítica, a qual ocorre por variação de tensão e temperatura de modo a alterar a sua estrutura cristalina e, assim, apresentar propriedades únicas e variadas. Com a manipulação desse conhecimento, o Nitinol passa a ser comercializada para uso clínico e, posteriormente passou a ocupar lugar de destaque no ramo odontológico e médico (principalmente ortopedia e cardiologia), fazendo com que substituísse os aços inoxidáveis devido, principalmente, à biocompatibilidade e resistência apresentada. Além disso, sua recuperação elástica e baixa rigidez proporcionam forças constantes e mais leves, de modo a evitar danos ao tecido periodontal do paciente e, consequentemente, atingir resultados com menos tempo de tratamento e com mais conforto para o paciente. Dentre as áreas mais inovadoras de atuação, há destaque para as fontes de energias alternativas, as quais reutilizam água quente residual dos processos industriais ou até se utilizam das variações térmicas atmosféricas para gerar energia mecânica e, consequentemente, energia elétrica. Embora a liga apresente inúmeras vantagens frente às outras utilizadas no mesmo campo de aplicações, ainda não possui expressiva presença no mercado. Isso mostra que as vantagens que a liga traz em desempenho ainda não vencem a barreira do custo e da viabilidade econômica quando se busca escalabilidade. Pois mesmo se destacando pelo baixo custo frente às outras ligas que apresentam EMF, uma vez que as demaispossuem metais nobres em sua composição (como ouro e platina), a grande quantidade de Titânio em sua composição promove alto desgaste no maquinário durante os processos de fabricação e, por tanto, aumento no custo final dos produtos. Dessa forma, espera-se que os avanços tecnológicos no setor de produção inovem a ponto de permitir que todo o potencial do Nitinol seja explorado e, assim, deixe de ser uma promessa para se tornar um dos materiais do futuro.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaAMANDA RODRIGUES SERTÓRI...Direct link
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SERTÓRIO, Amanda Rodrigues; MONLEVADE, Eduardo Franco de. Ligas Ni-Ti (Nitinol) com efeito memória de forma: futuro ou utopia? [S.l: s.n.], 2018.
    • APA

      Sertório, A. R., & Monlevade, E. F. de. (2018). Ligas Ni-Ti (Nitinol) com efeito memória de forma: futuro ou utopia? São Paulo: EPUSP.
    • NLM

      Sertório AR, Monlevade EF de. Ligas Ni-Ti (Nitinol) com efeito memória de forma: futuro ou utopia? 2018 ;
    • Vancouver

      Sertório AR, Monlevade EF de. Ligas Ni-Ti (Nitinol) com efeito memória de forma: futuro ou utopia? 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da Universidade de São Paulo     2012 - 2020