array(4) { ["took"]=> int(2) ["timed_out"]=> bool(false) ["_shards"]=> array(4) { ["total"]=> int(5) ["successful"]=> int(5) ["skipped"]=> int(0) ["failed"]=> int(0) } ["hits"]=> array(3) { ["total"]=> int(1) ["max_score"]=> NULL ["hits"]=> array(1) { [0]=> array(6) { ["_index"]=> string(4) "bdta" ["_type"]=> string(8) "producao" ["_id"]=> string(9) "002954303" ["_score"]=> NULL ["_source"]=> array(17) { ["timestamp"]=> array(1) { ["lastImport"]=> string(19) "2021-01-27 13:33:22" } ["language"]=> array(1) { [0]=> string(10) "Português" } ["country"]=> array(1) { [0]=> string(6) "Brasil" } ["author"]=> array(2) { [0]=> array(1) { ["person"]=> array(1) { ["name"]=> string(37) "Oliveira, Caroline Nascimento Barbosa" } } [1]=> array(1) { ["person"]=> array(3) { ["USP"]=> array(1) { ["autor_funcao"]=> string(39) "Nicoletti, Maria Aparecida / Orientador" } ["potentialAction"]=> string(10) "Orientador" ["name"]=> string(26) "Nicoletti, Maria Aparecida" } } } ["name"]=> string(59) "Cefaleia crônica produzida por uso abusivo de medicamentos" ["publisher"]=> array(1) { ["organization"]=> array(1) { ["location"]=> string(10) "São Paulo" } } ["inSupportOf"]=> string(45) "Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)" ["description"]=> array(2) { [0]=> string(1879) "Segundo o Global Burden of Disease, a cefaleia por uso abusivo de medicamentos é uma das condições neurológicas mais comuns em todo o mundo. Responsável por alto impacto na qualidade de vida dos pacientes, maior prevalência de transtornos psiquiátricos, absentismo no trabalho, visitas repetidas às urgências, internações hospitalares e testes de diagnóstico desnecessários, provavelmente, é uma das mais dispendiosas doenças neurológicas conhecidas. Dessa forma, representa um alto custo relativo por paciente a ser empregado pelos sistemas e operadoras de saúde. Na população geral, sua prevalência é de 1 a 2%, com variação entre 0,5% a 7,2% nas diferentes partes do mundo e por isso já é chamada de “epidemia silenciosa”. Suas características dependem da cefaleia primária (enxaqueca, cefaleia tipo tensão, cefaleia em salvas, dentre outras), já o mecanismo fisiopatológico ainda não está totalmente elucidado, mas acredita-se que seja causado pela depleção dos receptores 5-hidroxitriptamina pelos medicamentos abortivos para dor. Considerando a importância do tema, realizou-se uma revisão de literatura do tipo narrativa para identificar os estudos de prevalência de cefaleia por uso abusivo de medicamentos entre as classes de medicamentos mais utilizadas para abortar as crises de cefaleia. São elas: analgésicos (anti-inflamatórios não esteroides, analgésicos simples e opioides) e agonista 5-hidroxitriptamina seletivos (triptanos) e não seletivos (dihidroergotamina e ergotamina). Além disso, sugeriu-se um algoritmo de decisão para que profissionais da saúde conheçam a cefaleia por uso abusivo de medicamentos e possam orientar pacientes que estejam fazendo uso abusivo de medicamentos a procurar ajuda médica especializada. Para isso, foram selecionadas 3 bases de dados: US National Library of Medicine National" [1]=> string(1613) "Library Online, e, limitada a artigos em português, inglês e espanhol, no período de 2012 a 2017. A pesquisa no US National Library of Medicine National Institutes of Health foi realizada usando o Medical Subject Headings e definiu-se “Headache Disorders, Secondary” como o termo de busca mais abrangente. Também foram pesquisados os termos “medication overuse headache” e “medication overuse headache/prevalence” no descritor de busca avançado. No Science of Direct e SciELO pesquisou-se “medication overuse headache” e “medication overuse headache/prevalence. Os títulos, resumo e artigos foram revisados sistematicamente e as referências bibliográficas dos artigos incluídos foram pesquisadas para a seleção de artigos adicionais quando necessário. Os artigos foram incluídos quando descreveram a prevalência da cefaleia por uso abusivo de medicamentos nas classes estudadas nesse trabalho e excluídos se: (a) a cefaleia não era classificada de acordo com a Classificação Internacional de Cefaleia, 2ª edição ou Classificação Internacional de Cefaleia, 3ª edição versão beta; (b) era um relato de caso; (c) apresentou resultados de fisiopatologia, tratamento, dentre outros Seis artigos foram ao encontro do critério de inclusão, sendo que dois veicularam o tipo de cefaleia primária com a classe de medicamentos relacionada ao uso abusivo. Não houve concordância dentre os estudos sobre a classe de medicamentos mais usadas e o desenvolvimento da cefaleia, sendo observado variações regionais, culturais, cefaleia primária e número de fármacos utilizados" } ["USP"]=> array(2) { ["areaconcentracao"]=> string(21) "Farmácia-Bioquímica" ["CAT"]=> array(5) { [0]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } [1]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } [2]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } [3]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } [4]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } } } ["about"]=> array(2) { [0]=> string(8) "CEFALEIA" [1]=> string(12) "PREVALÊNCIA" } ["datePublished"]=> string(4) "2018" ["type"]=> string(36) "TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO - TCC" ["authorUSP"]=> array(1) { [0]=> array(6) { ["tipoCurso"]=> string(20) "ALUNO DE GRADUAÇÃO" ["nomeCurso"]=> string(23) "FARMÁCIA - BIOQUÍMICA" ["habilitacaoCurso"]=> string(23) "FARMÁCIA - BIOQUÍMICA" ["name"]=> string(37) "OLIVEIRA, CAROLINE NASCIMENTO BARBOSA" ["unidadeUSP"]=> string(3) "FCF" ["codpes"]=> string(7) "7244523" } } ["unidadeUSP"]=> array(1) { [0]=> string(3) "FCF" } ["base"]=> array(1) { [0]=> string(21) "Trabalhos acadêmicos" } ["sysno"]=> string(9) "002954303" ["files"]=> array(2) { ["database"]=> array(1) { [0]=> array(7) { ["dspace_object_id"]=> string(36) "60627b4d-bfd3-4eb2-ae02-107e5f7be8cb" ["file_name"]=> string(11) "2954303.pdf" ["file_type"]=> string(16) "publishedVersion" ["bitstream_id"]=> string(36) "48a74d13-4715-4ce5-91cc-a4625b6a0e6b" ["file_link"]=> string(91) "https://repositorio.usp.br/directbitstream/48a74d13-4715-4ce5-91cc-a4625b6a0e6b/2954303.pdf" ["accountability_info"]=> array(4) { ["uploader"]=> string(7) "2762407" ["publisher"]=> string(7) "2762407" ["privater"]=> NULL ["deleter"]=> NULL } ["status"]=> string(6) "public" } } ["bitstreams"]=> array(1) { [0]=> array(16) { ["retrieveLink"]=> string(62) "/rest/bitstreams/48a74d13-4715-4ce5-91cc-a4625b6a0e6b/retrieve" ["parentObject"]=> NULL ["link"]=> string(53) "/rest/bitstreams/48a74d13-4715-4ce5-91cc-a4625b6a0e6b" ["format"]=> string(9) "Adobe PDF" ["policies"]=> NULL ["description"]=> string(24) "publishedVersion-2762407" ["handle"]=> NULL ["mimeType"]=> string(15) "application/pdf" ["type"]=> string(9) "bitstream" ["uuid"]=> string(36) "48a74d13-4715-4ce5-91cc-a4625b6a0e6b" ["sequenceId"]=> int(-1) ["sizeBytes"]=> int(557513) ["expand"]=> array(3) { [0]=> string(6) "parent" [1]=> string(8) "policies" [2]=> string(3) "all" } ["name"]=> string(11) "2954303.pdf" ["checkSum"]=> array(2) { ["value"]=> string(32) "ab1b9c405c1e2fe1cddaef74ad8cb2ee" ["checkSumAlgorithm"]=> string(3) "MD5" } ["bundleName"]=> string(8) "ORIGINAL" } } } } ["sort"]=> array(1) { [0]=> string(4) "2018" } } } } } BDTA USP - Resultado da busca

Filtros : "FCF" "OLIVEIRA, CAROLINE NASCIMENTO BARBOSA" "TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO - TCC" "Nicoletti, Maria Aparecida" "OLIVEIRA, CAROLINE NASCIMENTO BARBOSA" Limpar

Filtros



Limitar por data



Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da Universidade de São Paulo     2012 - 2021