array(4) { ["took"]=> int(37) ["timed_out"]=> bool(false) ["_shards"]=> array(4) { ["total"]=> int(5) ["successful"]=> int(5) ["skipped"]=> int(0) ["failed"]=> int(0) } ["hits"]=> array(3) { ["total"]=> int(1) ["max_score"]=> NULL ["hits"]=> array(1) { [0]=> array(6) { ["_index"]=> string(4) "bdta" ["_type"]=> string(8) "producao" ["_id"]=> string(9) "002954546" ["_score"]=> NULL ["_source"]=> array(17) { ["timestamp"]=> array(1) { ["lastImport"]=> string(19) "2021-01-27 13:34:35" } ["language"]=> array(1) { [0]=> string(10) "Português" } ["country"]=> array(1) { [0]=> string(6) "Brasil" } ["author"]=> array(2) { [0]=> array(1) { ["person"]=> array(1) { ["name"]=> string(22) "Kohatsu, Denise Yukari" } } [1]=> array(1) { ["person"]=> array(3) { ["USP"]=> array(1) { ["autor_funcao"]=> string(39) "Nicoletti, Maria Aparecida / Orientador" } ["potentialAction"]=> string(10) "Orientador" ["name"]=> string(26) "Nicoletti, Maria Aparecida" } } } ["name"]=> string(65) "O impacto do cuidado farmacêutico na vida de deficientes visuais" ["publisher"]=> array(1) { ["organization"]=> array(1) { ["location"]=> string(10) "São Paulo" } } ["inSupportOf"]=> string(45) "Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)" ["description"]=> array(2) { [0]=> string(1874) "INTRODUÇÃO: No cenário nacional, segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, de uma população de 45.606.048 brasileiros, 23,9% têm algum tipo de deficiência (visual, auditiva, motora e mental ou intelectual). A deficiência visual está representada por 18,6% desta população. Em relação ao uso racional de medicamentos, a deficiência visual pode afetar na adesão, segurança e conveniência do tratamento medicamentoso, sendo que o farmacêutico pode auxiliar esses pacientes quanto ao uso correto de medicamentos e na otimização dos resultados de saúde. OBJETIVO: Verificar as produções acadêmicas que abordam o tema referente à atuação do farmacêutico, direta ou indiretamente, para a inclusão do deficiente visual dentro de uma política de segurança do paciente e as ferramentas disponíveis. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizada uma revisão narrativa em bases de dados US National Library of Medicine – National Institutes of Health (PubMed), Cochrane Library: Cochrane Reviews, Biblioteca Virtual em Saúde – Ministério da Saúde (BVSMS), Embase, além de sites instituicionais nacionais e internacionais. O período analisado foi entre os anos 2008 e 2018 com os termos: cuidado farmacêutico, pharmaceutical care, deficiência visual, visual impairment, deficientes visuais, visual impaired patients, qualidade de vida, quality of life, deficiência visual, deficientes visuales, atención farmacêutica e calidad de vida. RESULTADOS: No total foram encontrados 83 artigos no PubMed, 28 artigos na Cochrane Library, 295 artigos no BVSMS, 29 artigos no Embase. Destes, foram selecionados 10 artigos que cumpriram os critérios de inclusão. Drummond (2004), Lopes (2008) e Latham, Waller e Schaitel (2011) analisaram a leitura de bulas em geral por deficientes visuais, sendo que todos os autores" [1]=> string(1685) "apontaram dificuldades que os pacientes enfrentaram para entender o conteúdo. Em relação à administração de medicamento por esses pacientes, Weeraratne, Opatha e Rosa (2012), Mccann et al. (2012) e Makmor-bakry, Zhi-han e Hui-yin (2017) concluíram que a maioria enfrenta grandes desafios e dificuldades, comprometendo a segurança e a eficácia do tratamento, principalmente, de doenças crônicas como diabetes e hipertensão. Por fim, Nascimento e Marques (2009), Orrico (2013), Wakeham et al. (2017) e Barnett (2017) discutem sobre o papel do farmacêutico diretamente no auxílio dos pacientes deficientes visuais. Em relação às políticas públicas que abrangem os deficientes, o sentimento por essa população ainda é de insatisfação, uma vez que, ainda, há a não efetivação de algumas políticas e até mesmo que são irrelevantes para a inclusão na sociedade, além do desinteresse da maior parte dos políticos e governantes em fomentar a conscientização e realmente executar as medidas prometidas. CONCLUSÃO: Nota-se uma carência do profissional farmacêutico em relação à conscientização das necessidades dos deficientes visuais, afetando a qualidade do cuidado farmacêutico e, consequentemente, a segurança do paciente. Além disso, há poucas pesquisas relacionadas ao assunto, evidenciando-se a necessidade de estudos mais aprofundados, além da melhor estruturação de políticas públicas, podendo ser um grande diferencial, permitindo uma maior inclusão e reconhecimento dos deficientes visuais, incentivando a população como um todo a entender melhor a realidade dessas pessoas, permitindo uma melhor orientação, auxílio e cuidado" } ["USP"]=> array(2) { ["areaconcentracao"]=> string(21) "Farmácia-Bioquímica" ["CAT"]=> array(3) { [0]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } [1]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } [2]=> array(2) { ["date"]=> string(6) "201908" ["cataloger"]=> string(7) "2762407" } } } ["about"]=> array(2) { [0]=> string(17) "QUALIDADE DE VIDA" [1]=> string(19) "DEFICIÊNCIA VISUAL" } ["datePublished"]=> string(4) "2018" ["type"]=> string(36) "TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO - TCC" ["authorUSP"]=> array(1) { [0]=> array(6) { ["tipoCurso"]=> string(20) "ALUNO DE GRADUAÇÃO" ["nomeCurso"]=> string(23) "FARMÁCIA - BIOQUÍMICA" ["habilitacaoCurso"]=> string(23) "FARMÁCIA - BIOQUÍMICA" ["name"]=> string(22) "KOHATSU, DENISE YUKARI" ["unidadeUSP"]=> string(3) "FCF" ["codpes"]=> string(7) "8566715" } } ["unidadeUSP"]=> array(1) { [0]=> string(3) "FCF" } ["base"]=> array(1) { [0]=> string(21) "Trabalhos acadêmicos" } ["sysno"]=> string(9) "002954546" ["files"]=> array(2) { ["database"]=> array(1) { [0]=> array(7) { ["dspace_object_id"]=> string(36) "c9b39627-8ace-4ec1-9192-43f9db067f4a" ["file_name"]=> string(11) "2954546.pdf" ["file_type"]=> string(16) "publishedVersion" ["bitstream_id"]=> string(36) "8f0811d5-128f-42a9-8f9e-3213b2323330" ["file_link"]=> string(91) "https://repositorio.usp.br/directbitstream/8f0811d5-128f-42a9-8f9e-3213b2323330/2954546.pdf" ["accountability_info"]=> array(4) { ["uploader"]=> string(7) "2762407" ["publisher"]=> string(7) "2762407" ["privater"]=> NULL ["deleter"]=> NULL } ["status"]=> string(6) "public" } } ["bitstreams"]=> array(1) { [0]=> array(16) { ["retrieveLink"]=> string(62) "/rest/bitstreams/8f0811d5-128f-42a9-8f9e-3213b2323330/retrieve" ["parentObject"]=> NULL ["link"]=> string(53) "/rest/bitstreams/8f0811d5-128f-42a9-8f9e-3213b2323330" ["format"]=> string(9) "Adobe PDF" ["policies"]=> NULL ["description"]=> string(24) "publishedVersion-2762407" ["handle"]=> NULL ["mimeType"]=> string(15) "application/pdf" ["type"]=> string(9) "bitstream" ["uuid"]=> string(36) "8f0811d5-128f-42a9-8f9e-3213b2323330" ["sequenceId"]=> int(-1) ["sizeBytes"]=> int(513748) ["expand"]=> array(3) { [0]=> string(6) "parent" [1]=> string(8) "policies" [2]=> string(3) "all" } ["name"]=> string(11) "2954546.pdf" ["checkSum"]=> array(2) { ["value"]=> string(32) "e5148d44f448e976ee82c23d0d209264" ["checkSumAlgorithm"]=> string(3) "MD5" } ["bundleName"]=> string(8) "ORIGINAL" } } } } ["sort"]=> array(1) { [0]=> string(4) "2018" } } } } } BDTA USP - Resultado da busca

Filtros : "TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO - TCC" "FCF" "KOHATSU, DENISE YUKARI" "KOHATSU, DENISE YUKARI" "DEFICIÊNCIA VISUAL" "Nicoletti, Maria Aparecida" Removido: "Toyoda, Márcio Ju" Limpar

Filtros



Limitar por data

Vocabulário Controlado do SIBiUSP



Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da Universidade de São Paulo     2012 - 2021