Exportar registro bibliográfico

Avaliação da ferramenta MiHPT na investigação de áreas contaminadas por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, BTEX e organoclorados. (2020)

  • Authors:
  • USP affiliated author: CRUZ, VICTOR INADA - EP
  • School: EP
  • Sigla do Departamento: PQI
  • Subjects: HIDROCARBONETOS; ÁREAS CONTAMINADAS
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo visou a avaliação da ferramenta de alta resolução MiHPT (Membrane Interface Probe coupled with Hydraulic Profiling Tool) para a investigação de áreas contaminadas por PAHs (Hidrocarbonetos Aromáticos Policíclicos), BTEX (Benzeno, Tolueno, Etilbenzeno e Xileno) e organoclorados. Foram selecionadas onze sondagens MiHPT de uma Smart Characterization em uma indústria siderúrgica e comparadas com resultados analíticos de concentração de contaminantes em amostras de solo e água subterrânea e perfis de OIP (Optical Image Profiler). Um método de cálculo de correlação (R²) entre o PID (Photoionization Detector), FID (Flame Ionization Detector), XSD (Halogen Specific Detector) e a concentração em amostras de solo de diferentes grupos de contaminantes (PAHs, monoaromáticos e organoclorados) foi proposto e utilizado para avaliar o uso de cada detector à cada grupo de contaminantes. As concentrações no solo foram comparadas aos valores máximos e médios das leituras dos detectores em μV em um intervalo de 40 cm centrado na profundidade da coleta da amostra. O método se mostrou satisfatório e, em geral, valores médios resultaram em maiores R². O detector XSD apresentou alta sensibilidade e correlação com organoclorados, mesmo quando esses compostos representaram menos de 3% dos contaminantes. Embora o MIP seja conhecido por ser uma ferramenta de triagem de VOC, o detector FID apresentou R² com concentrações de PAHs em solo de até 0,94. Os resultados do PID demonstraram sua sensibilidade tanto para VOC (incluindo organoclorados) quanto para PAHs. No entanto, os logs do PID apresentaram importante efeito de carry-over, o que resulta em perdas de resolução e da capacidade de delimitar verticalmente a contaminação e, consequentemente, em menores R². As principais limitações do MiHPT identificadas: a) não aplicáveis emáreas de baixa concentração devido aos seus Limites de Detecção; b) Dificuldade no delineamento vertical em áreas-fonte com NAPL; c) o efeito de transporte pode superestimar a zona impactada e incapacitar a ferramenta até que sua linha de gás seja limpa; d) a amostragem e a análise laboratorial ainda são necessárias; e) é muito caro no Brasil; f) para manter a integridade da sonda, à medida que a resistência do solo aumenta, esta pode não atingir a profundidade desejada. Os resultados indicam que o MiHPT é uma poderosa ferramenta para caracterização em tempo real da subsuperfície e que o FID é o detector mais indicado para guiar a amostragem do solo em locais contaminados com PAHs, uma vez que é mais resistente aos efeitos de carry-over em comparação com o PID, e seus resultados foram compatíveis com logs de OIP, o que resultou em R² mais elevadas.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaVICTOR INADA CRUZ PQI20.p...Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CRUZ, Victor Inada. Avaliação da ferramenta MiHPT na investigação de áreas contaminadas por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, BTEX e organoclorados. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (MBA) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2020. Disponível em: https://repositorio.usp.br/directbitstream/d24df4e0-2539-4f4f-8c57-2a834d463e7d/VICTOR%20INADA%20CRUZ%20PQI20.pdf. Acesso em: 02 out. 2022.
    • APA

      Cruz, V. I. (2020). Avaliação da ferramenta MiHPT na investigação de áreas contaminadas por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, BTEX e organoclorados. (Trabalho de Conclusão de Curso (MBA). Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://repositorio.usp.br/directbitstream/d24df4e0-2539-4f4f-8c57-2a834d463e7d/VICTOR%20INADA%20CRUZ%20PQI20.pdf
    • NLM

      Cruz VI. Avaliação da ferramenta MiHPT na investigação de áreas contaminadas por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, BTEX e organoclorados. [Internet]. 2020 ;[citado 2022 out. 02 ] Available from: https://repositorio.usp.br/directbitstream/d24df4e0-2539-4f4f-8c57-2a834d463e7d/VICTOR%20INADA%20CRUZ%20PQI20.pdf
    • Vancouver

      Cruz VI. Avaliação da ferramenta MiHPT na investigação de áreas contaminadas por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, BTEX e organoclorados. [Internet]. 2020 ;[citado 2022 out. 02 ] Available from: https://repositorio.usp.br/directbitstream/d24df4e0-2539-4f4f-8c57-2a834d463e7d/VICTOR%20INADA%20CRUZ%20PQI20.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2022