Exportar registro bibliográfico

The case of B corps and the B impact assessment:: an in-depth analysis on motivations, advantages and local adaptation. (2020)

  • Authors:
  • USP affiliated author: CHAPUIS, CAROLINA NAKAMURA - EP
  • School: EP
  • Sigla do Departamento: PRO
  • Subjects: IMPACTOS AMBIENTAIS; SUSTENTABILIDADE; RESPONSABILIDADE SOCIAL; EMPRESAS
  • Language: Inglês
  • Abstract: O movimento B Corp nasceu das necessidades latentes de responsabilidade legal e uma avaliação de impacto padronizada para organizações que buscam atender aos três pilares da sustentabilidade e a estratégias de responsabilidade social corporativa. O presente estudo explora duas perguntas fundamentais envolvendo a certificação B: a primeira, para entender o nível de adaptabilidade da Avaliação de Impacto B em contextos locais (RQ1); e a segunda, para identificar as motivações que levam empresas à certificação e as vantagens que tais organizações podem obter por serem certificadas (RQ2). A Avaliação de Impacto B é, supostamente, uma ferramenta inteligente capaz de adaptar a distribuição dos pontos nas suas cinco categorias de impacto de acordo com as especificações da organização. Baseado em análise estatística e teste de hipótese Kruskal-Wallis, os resultados indicam que a Avaliação de Impacto B é capaz de adequadamente realocar os pontos de acordo com o setor e o continente da empresa, o que indica homogeneidade e flexibilidade da ferramenta. Ainda, foi identificado que a presença de legislação sobre ‘Empresas de Benefício’ tem um impacto positivo no número de empresas B certificadas em uma dada localidade. A análise qualitativa em RQ2, por sua vez, identificou duas diretrizes motivações para certificação: pressões externas e internas. As primeiras são essencialmente guiadas por três dimensões: ambiente competitivo – e a relevância dada pelos competidores a RSC e Empresas B –, orientação da cadeia de valor – se algum membro com alto poder de barganha indica algum tipo de orientação ou exigência com relação a sustentabilidade – , e o ambiente regulatório da empresa. As últimas, por sua vez, representam a vontade de umaorganização em alcançar um aprimoramento da cadeia de valor por meio da certificação. Tal aprimoramento é identificado como o desdobramento prático das vantagens adquiridas por meio da certificação e é dirigido por cinco dimensões de aprimoramento: conhecimento, credibilidade e imagem, acesso ao mercado e políticas públicas, recursos humanos e aprimoramento legal por meio de proteção da missão e responsabilidade legal. Uma Matriz de Ação baseada em técnicas de matrizes de decisão é, então, proposta como o resultado da combinação de ambos os tipos de pressão, de modo a providenciar ao leitor a posição de uma dada empresa frente às possibilidades de obtenção do certificado B e de engajamento em estratégias de responsabilidade social corporativa.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaCarolinaNakamuraChapuis T...Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHAPUIS, Carolina Nakamura; PIÃO, Roberta de Castro Souza. The case of B corps and the B impact assessment:: an in-depth analysis on motivations, advantages and local adaptation. [S.l: s.n.], 2020.
    • APA

      Chapuis, C. N., & Pião, R. de C. S. (2020). The case of B corps and the B impact assessment:: an in-depth analysis on motivations, advantages and local adaptation. São Paulo.
    • NLM

      Chapuis CN, Pião R de CS. The case of B corps and the B impact assessment:: an in-depth analysis on motivations, advantages and local adaptation. 2020 ;
    • Vancouver

      Chapuis CN, Pião R de CS. The case of B corps and the B impact assessment:: an in-depth analysis on motivations, advantages and local adaptation. 2020 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2021