Exportar registro bibliográfico

Adiposidade corporal e visceral e sua associação com dinapenia, osteopenia e massa muscular em um grupo de idosos da comunidade (2020)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTORO, ADRIANA ALBUIXECH - FSP ; JUSTINO, THAIS PELLACINI - FSP
  • School: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: NUTRIÇÃO; IDOSOS; ADIPOSIDADE; INFLAMAÇÃO; FORÇA MUSCULAR; OSTEOPATIAS METABÓLICAS
  • Keywords: ADIPOSIDADE CORPORAL; ADIPOSIDADE VISCERAL; MASSA MUSCULAR
  • Language: Português
  • Abstract: estimada, na amostra total e no sexo feminino, enquanto apenas o maior IMC e a maior GAV-IMC apresentaram associação significativa com a ausência de osteopenia. Apenas entre os homens, a ausência de dinapenia associou- se a um maior valor de Interleucina 10 (IL-10). CONCLUSÕES: Alguns achados, especialmente aqueles utilizados para estimar a gordura visceral, divergiram dos dados descritos na literatura. Por outro lado, os resultados reforçam que, especialmente entre os idosos, os valores de IMC não refletem gordura corporal, mas é um parâmetro importante de estado nutricional. O presente estudo também mostra a importância de utilizar métodos de avaliação da composição corporal em idosos capazes de atender às particularidades inerentes ao processo de envelhecimento. Assim, são necessários mais estudos que analisem a associação entre gordura corporal e abdominal e dinapenia, massa muscular e osteopenia nesse grupo etário.INTRODUÇÃO: Ao longo do processo de envelhecimento ocorrem alterações importantes na composição corporal, caracterizadas pela concentração do tecido adiposo na região abdominal, redução de massa muscular e comprometimento da densidade mineral óssea. O acúmulo abdominal da gordura, especialmente aquela localizada entre os órgãos que assume um perfil mais pró-inflamatório, pode estar associado às alterações musculares e ósseas. OBJETIVO: O presente estudo tem como objetivo investigar a associação entre medidas de adiposidade corporal e visceral com características musculares (força e massa) e ósseas (densidade mineral óssea) em um grupo de idosos da comunidade. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal, utilizando dados secundários de um estudo maior (número do registro REBEC; RBR-6qr9xx) de 58 idosos (65 a 90 anos). A adiposidade corporal foi estimada pelo Índice de massa corporal (IMC) e percentual de gordura corporal mensurada por densitometria por dupla emissão de raios- X (DEXA) e a gordura abdominal visceral (GAV) estimada a partir do IMC (GAV-eIMC). A força muscular foi analisada pela dinamometria; a massa muscular foi avaliada pelo Índice de massa muscular apendicular (IMMA), que por sua vez foi calculado a partir da somatória das massas musculares apendiculares (MMA) na análise por DEXA (IMMA= ƩMMA/altura2). A densidade mineral óssea foi medida por DEXA, e classificada a partir das comparações do número de desvios-padrão em relação ao adulto jovem. Os dados foram apresentados de forma descritiva, e as associações foram investigadas aplicando o test t de Student ou seu correspondente não-paramétrico e teste Qui-quadrado, considerando nível de significância de 5% (p < 0,05). Todas as análises foram realizadas utilizando o software Stata (versão 14). RESULTADOS PRINCIPAIS: O IMMA adequado associou-se a maiores valores de IMC, adiposidade do tronco, percentual de gordura corporal e adiposidade visceral e
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaAdriana Albuxech Santoro ...Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTORO, Adriana Albuixech; JUSTINO, Thais Pellacini; BASTOS, Amália Almeida; RIBEIRO, Sandra Maria Lima. Adiposidade corporal e visceral e sua associação com dinapenia, osteopenia e massa muscular em um grupo de idosos da comunidade. [S.l: s.n.], 2020.
    • APA

      Santoro, A. A., Justino, T. P., Bastos, A. A., & Ribeiro, S. M. L. (2020). Adiposidade corporal e visceral e sua associação com dinapenia, osteopenia e massa muscular em um grupo de idosos da comunidade. São Paulo.
    • NLM

      Santoro AA, Justino TP, Bastos AA, Ribeiro SML. Adiposidade corporal e visceral e sua associação com dinapenia, osteopenia e massa muscular em um grupo de idosos da comunidade. 2020 ;
    • Vancouver

      Santoro AA, Justino TP, Bastos AA, Ribeiro SML. Adiposidade corporal e visceral e sua associação com dinapenia, osteopenia e massa muscular em um grupo de idosos da comunidade. 2020 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2021