Exportar registro bibliográfico

Reflexões quanto a dimensões para apoio à prática do aleitamento materno exclusivo (2019)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CRUZ, DANIELLE ROCHA - FSP ; PERES, RHAISSA MARTINS - FSP
  • School: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: NUTRIÇÃO; ALEITAMENTO MATERNO; APOIO AO PLANEJAMENTO EM SAÚDE; AMAMENTAÇÃO NATURAL; MATERNIDADE; CUIDADO DO LACTENTE; PROTEÇÃO À MATERNIDADE
  • Keywords: ALEITAMENTO MATERNO EXCLUSIVO; APOIO; GESTÃO DE CUIDADO EM SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: O aleitamento materno deve ser exclusivo e mantido até o sexto mês de vida do lactente, e complementado com outros alimentos até os dois anos de idade. Sabese que a duração e o sucesso da prática de AME são influenciados por diversos fatores que englobam o binômio mãe-bebê, em esferas individual, relacionais, assistenciais, econômicas e societárias. O presente estudo teve como objetivo identificar e analisar as evidências disponíveis sobre dimensões de apoio para a prática do aleitamento materno exclusivo (AME). Para isso foram utilizados documentos relevantes a políticas públicas e ações programáticas de aleitamento materno, além de buscas nas bases de dados Pubmed, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), e também no Scientific Electronic Library Online (SciELO). A discussão das dimensões de apoio e cuidado ao binômio mãe-bebê no período de AME foi organizada segundo vertentes de autocuidado da mulher, sua relação com bebê e a família; profissionais de saúde envolvidos no processo de AME; e programas de iniciativas de saúde voltadas ao AME no Brasil. Entende-se que tais dimensões se influenciam umas às outras constantemente, de forma que o apoio proveniente de políticas públicas e ações programáticas tem potencial para estruturar a atuação profissional em saúde. Por sua vez, o preparo técnico de profissionais, incluindo o nutricionista, é importante em estimular o apoio familiar e o autocuidado reconhecido na relação mãe-bebê, bem como na superação de possíveis barreiras, com vistas ao sucesso do AME ao longo do período em que a prática é recomendada. Assim, pode-se progredir no reconhecimento do AME como direito de mães e bebês em um processo dinâmico e com múltiplos sentidos, com grandes benefícios à sociedade.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaDanielle Rocha Cruz_Rhaí...Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CRUZ, Danielle Rocha; PERES, Rhaíssa Martins; LOURENÇO, Bárbara Hatzlhoffer. Reflexões quanto a dimensões para apoio à prática do aleitamento materno exclusivo. [S.l: s.n.], 2019.
    • APA

      Cruz, D. R., Peres, R. M., & Lourenço, B. H. (2019). Reflexões quanto a dimensões para apoio à prática do aleitamento materno exclusivo. São Paulo.
    • NLM

      Cruz DR, Peres RM, Lourenço BH. Reflexões quanto a dimensões para apoio à prática do aleitamento materno exclusivo. 2019 ;
    • Vancouver

      Cruz DR, Peres RM, Lourenço BH. Reflexões quanto a dimensões para apoio à prática do aleitamento materno exclusivo. 2019 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2021