Exportar registro bibliográfico

A influência da microbiota intestinal na saúde humana e a possível relação com transtornos mentais e comportamentais (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: KAWASHITA, RAPHAEL - FCF
  • School: FCF
  • Subjects: TRANSTORNOS MENTAIS; PROBIÓTICOS
  • Language: Português
  • Abstract: Os transtornos mentais e de comportamento (TMC) afetam milhões de pessoas no mundo, influenciando as atividades no cotidiano e resultando em empecilho no convívio social. Estima­se que mais de 350 milhões de pessoas sofrem de depressão. Alarmante é o número de indivíduos que, ou não buscam tratamento ou, não respondem às terapias e o uso de medicamentos convencionais. Concomitantemente, a literatura tem enfatizado a possível relação da microbiota gastrointestinal com o desenvolvimento de diversas doenças e, mais recentemente, em distúrbios mentais e de comportamento. Essa conexão entre o intestino e o cérebro e suas vias conhecidas como eixo intestino­cérebro, inclui cérebro, glândulas, intestino, células que participam do sistema imunitário e a microbiota do trato gastrointestinal. Com isso, essa microbiota vem emergindo como um potencial modulador do comportamento do ser humano e, pesquisadores tem sugerido a recuperação ou manutenção da saúde do indivíduo, buscando­se o equilíbrio do microbioma, por exemplo, introduzindo­se prebióticos e probióticos na alimentação. Com o objetivo de avaliar o panorama do conhecimento sobre a influência da microbiota intestinal na saúde humana, foram analisados estudos científicos de 2011 a 2018, sobre a relação da microbiota com a saúde e doença humanas, restringindo­se aos principais TMC. No levantamento de literatura foram consultadas bases de dados disponíveis na Universidade, artigos científicos, além de textos e manuais disponibilizados em sítios oficiais. Na seleção dos materiais usados para compor o TCC foram usadas palavras­chave, em português e em inglês, relativas ao tema associadas a operadores boleanos. No período, verificou­se que a manutenção da microbiota equilibrada no individuo está sendo relacionado com a prevenção e tratamento de doençasdoenças, inclusive no sistema nervoso central (SNC). Os ensaios in vitro e in vivo iii mostraram indicativos de efeito promissor, e no estágio de conhecimento atual, os poucos ensaios clínicos disponíveis, muitas vezes com pessoas sadias ou com quadros leves de TMC, sugerem resultado positivo em casos de depressão, ansiedade e estresse. A maior parte dos estudos analisados usaram microrganismos do gênero Bifidobacterium (B. longum, B. breve, B. infantis) e Lactobacillus (L. helveticuse L. rhamnosus), com doses entre 109 e 1010 UFC por 2 semanas em animais e 4 semanas em humanos. Estes probióticos, utilizados isolados ou em associação, melhoraram transtornos de ansiedade e depressão em animais de laboratório, mas em humanos alguns dos resultados são contraditórios, ressalvando­se que o número de voluntários em cada estudo é pequeno (25 a 140 pessoas) e os microrganismos usados diferentes. Observase que falta muito a se desenvolver nessa area pois predominam ensaios com roedores. Embora a manutenção do microbioma equilibrado no individuo seja relacionada com a prevenção e tratamento de doenças, inclusive no SNC, mais estudos controlados e de qualidade em humanos, são necessários para potencializar essa estratégia. Na direção do crescimento do conhecimento científico do microbioma na saúde e na busca de prevenção de doenças, as indústrias de alimentos e farmacêutica tem investido na area, depositando patentes e disponibilizando produtos contendo pré­ e probióticos, hoje com a alegação de efeito benéfico no equilíbrio da flora intestinal, bem como medicamento biológico
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão Publicada2954958.pdfDirect link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KAWASHITA, Raphael; KATO, Edna Tomiko Myiake. A influência da microbiota intestinal na saúde humana e a possível relação com transtornos mentais e comportamentais. [S.l: s.n.], 2018.
    • APA

      Kawashita, R., & Kato, E. T. M. (2018). A influência da microbiota intestinal na saúde humana e a possível relação com transtornos mentais e comportamentais. São Paulo.
    • NLM

      Kawashita R, Kato ETM. A influência da microbiota intestinal na saúde humana e a possível relação com transtornos mentais e comportamentais. 2018 ;
    • Vancouver

      Kawashita R, Kato ETM. A influência da microbiota intestinal na saúde humana e a possível relação com transtornos mentais e comportamentais. 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2020