Exportar registro bibliográfico

Associação de adipocitocinas com parâmetros lipídicos e glicídicos em indivíduos com diversos fatores de risco cardiovascular (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NOGUEIRA, BRUNA - FSP
  • Unidades: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: ADIPONECTINA; LEPTINA; DOENÇAS CARDIOVASCULARES
  • Keywords: perfil lipídico; perfil glicídico
  • Language: Português
  • Abstract: foi valiado, a maior parte da amostra possuía IMC elevado (sobrepeso e obesidade). As mulheres apresentaram maiores níveis de leptina, o que se associa com os maiores níveis de adiposidade encontrados nestas, sendo que nos homens, havia maiores valores da razão A/L. Neste grupo também foi observado um perfil lipídico mais aterogênico do que as mulheres. Quando feita a análise nos subgrupos pela mediana da adiponectina, percebeu-se que indivíduos com maiores concentrações de adiponectina, possuíam maiores valores de HDL e Apo A-I e menores de TG e TG/HDL, com a presença de correlação negativa entre esta adipocitocina e este parâmetro e positiva com a HDL e a Apo A-I. Já naqueles participantes com maiores concentrações de leptina, observou-se maiores valores de TG, TG/HDL e de glicose e menores de HDL e Apo A-I, sendo que a leptina apresentava correlações contraditórias à literatura com HDL, CT/HDL e TG/HDL. Analisando os indivíduos maiores valores de razão A/L, estes possuíam maiores concentrações de HDL e Apo A-I e menores de CT/HDL e LDL, sendo que a razão A/L se associava positivamente com a glicose, a insulina e o HOMA-IR, indicando uma relação com a resistência à insulina. Conclusão – Apesar de algumas limitações e resultados que contradizem alguns artigos da literatura, podemos concluir com o atual estudo que a adiponectina e a razão adiponectina/leptina possuem papéis mais ateroprotetores, enquanto que a leptina, quando em um quadro de resistência à esta, se mostra mais aterogênica. Além disso, a razão A/L e a leptina apresentam-se associadas a parâmetros da resistência à insulina, a qual está relacionada com a ocorrência de DCV.Introdução – No Brasil, as DCVs são a principal causa de mortalidade, sendo atribuída a elas cerca de 33% do total de mortes no país. Para seu desenvolvimento, diversos fatores de risco estão associados, sendo que a maioria deles são modificáveis, ou seja, as mortes por essas doenças poderiam ser evitadas com mudanças de hábitos de vida. Nesse contexto, inúmeros pesquisadores estudam diversos já estabelecidos ou potenciais biomarcadores de risco cardiovascular, de forma a mudarem precocemente os fatores de risco associados a estes biomarcadores, buscando assim, novas terapêuticas para prevenção e tratamento das DCV. Objetivo – Avaliar a associação da adiponectina, leptina e a razão entre ambos os hormônios com diferentes parâmetros dos perfis lipídico e glicídico em indivíduos com diversos fatores de risco cardiovascular. Métodos – Estudo transversal feito com uma subamostra contendo 79 indivíduos da amostra total do projeto Cardionutri, o qual incluía indivíduos com idade entre 30 a 74 anos, não podendo apresentar nenhum evento cardiovascular prévio. A partir deste foi feita a avaliação socioeconômica e clínica, avaliação antropométrica (aferição de peso, estatura, circunferência da cintura, IMC e %MG), análise bioquímica (determinação do perfil lipídico e apolipoproteínas, adipocitocinas séricas, glicose, insulina e HOMA-IR). A amostra foi distribuída, conforme o sexo, em dois grupos: o de homens e o de mulheres e estes foram estratificados em dois sub-grupos, segundo mediana (p≥50 e <p50) de adiponectina, leptina e a razão adiponectina/leptina. Após esses dados, foi feita análise estatística com o Programa SPSS v.20.0, utilizando-se testes de comparação de médias t Student, Mann Whitney e correlação entre as variáveis pelo Spearman. Resultados – A amostra do estudo possuía maior proporção de indivíduos do sexo feminino, os quais apresentavam maior CC e %MG. Quando o estado nutricional
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaTCCBrunaNogueira.pdfDirect link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOGUEIRA, Bruna; DAMASCENO, Nágila Raquel Teixeira. Associação de adipocitocinas com parâmetros lipídicos e glicídicos em indivíduos com diversos fatores de risco cardiovascular. [S.l: s.n.], 2016.
    • APA

      Nogueira, B., & Damasceno, N. R. T. (2016). Associação de adipocitocinas com parâmetros lipídicos e glicídicos em indivíduos com diversos fatores de risco cardiovascular. São Paulo.
    • NLM

      Nogueira B, Damasceno NRT. Associação de adipocitocinas com parâmetros lipídicos e glicídicos em indivíduos com diversos fatores de risco cardiovascular. 2016 ;
    • Vancouver

      Nogueira B, Damasceno NRT. Associação de adipocitocinas com parâmetros lipídicos e glicídicos em indivíduos com diversos fatores de risco cardiovascular. 2016 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2020