Exportar registro bibliográfico

Efeito de uma intervenção baseada na abordagem “Health At Every Size” sobre o consumo de alimentos ultraprocessados em mulheres obesas (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated author: VICTOR, JHESSICA CAMPOS - FSP
  • School: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: OBESIDADE; ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS; SAÚDE
  • Keywords: ALIMENTOS ULTRAPROCESSADOS; MULHERES OBESAS; "HEALTH AT EVERY SIZE"
  • Language: Português
  • Abstract: ntrodução. De acordo com a Organização Mundial da Saúde a obesidade é caracterizada pelo Índice de Massa Corporal (IMC, calculado como peso em kg/altura2 em metros), a partir do valor ≥ 30 kg/m. Dentro desse contexto de obesidade existe um crescente movimento transdisciplinar que contesta os benefícios de intervenções centradas no peso corporal e que visa à promoção da saúde física e mental independentemente do peso e tamanho corporal. Tal movimento baseia-se na abordagem “Health at Every Size®” (HAES®). Uma das possíveis causas da obesidade é o alto consumo de alimentos ultraprocessados, que vem aumentando consideravelmente nas últimas décadas. É considerada positiva a associação entre a disponibilidade de alimentos ultraprocessados, no Brasil, e a prevalência de excesso de peso. De acordo com o novo Guia Alimentar da População Brasileira alimentos ultraprocessados são definidos como “formulações industriais feitas inteiramente ou majoritariamente de substâncias extraídas de alimentos (óleos, gorduras, açúcar, amido, proteínas), derivadas de constituintes de alimentos (gorduras hidrogenadas, amido modificado) ou sintetizadas em laboratório”. Objetivo. Analisar o efeito de uma intervenção baseada na abordagem HAES® sobre o consumo de alimentos ultraprocessados em mulheres obesas de 25 a 50 anos. Métodos. A amostra foi composta por mulheres entre 25 a 50 anos, com IMC entre 30 e 39,9 kg/m2. O instrumento de avaliação utilizado foi o diário alimentar. Foi solicitado que as participantes preenchessem registros diários do consumo alimentar durante sete dias, no começo da intervenção e ao final da intervenção. Através da classificação do Guia Alimentar da População Brasileira, os alimentos citados nos diários alimentares foram classificados nos quatro grupos do guia, com especial atenção para os ultraprocessados. Foram analisados a porcentagem do Valor Energético Total (VET)proveniente de cada grupo, com especial atenção para os ultraprocessados, o número de alimentos ultraprocessados consumidos/dia, a porcentagem do VET do consumo de lipídeos, carboidratos, proteínas, gorduras saturadas e açúcar livre e a contribuição percentual de cada macronutriente, açúcar livre e sódio dentro de cada grupo de alimentos. Resultados e Discussão. O consumo médio de alimentos in natura e minimamente processado inicial e final foi de 41 % e 43 % do VET, respectivamente. Verifica-se assim uma aumento da participação desse grupo em relação ao VET. A energia da dieta provenientes de alimentos ultraprocessados das participantes foi ao início da intervenção de 16 % e ao final de 13 % do VET, mostrando que houve uma diminuição no consumo desse grupo de alimentos após a intervenção. O consumo médio de óleos, gorduras, sal e açúcar correspondeu a 6% do VET, no início da intervenção e a 11% do VET no final da intervenção. Esse aumento da participação desse grupo de alimentos no final da intervenção pode indicar que as participantes aumentaram o preparo de refeições e diminuíram o uso de alimentos prontos para o consumo, já que essa categoria de óleos, gorduras, sal e açúcar são considerados como ingredientes culinários. Conclusão. A intervenção baseada na abordagem HAES® teve algum efeito no aumento do consumo de alimentos in natura e minimamente processados, na diminuição do consumo de alimentos ultraprocessados e no aumento do consumo de óleos, gorduras, sal e açúcar. Embora tais diferenças pareçam ser modestas, essas mudanças podem refletir uma melhora na qualidade da alimentação das participantes no final da intervenção.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaTCC-JhessicaCamposVictor....Direct link
    Versão PublicadaDirect link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VICTOR, Jhessica Campos; SCAGLIUSI, Fernanda Baeza. Efeito de uma intervenção baseada na abordagem “Health At Every Size” sobre o consumo de alimentos ultraprocessados em mulheres obesas. [S.l: s.n.], 2016.
    • APA

      Victor, J. C., & Scagliusi, F. B. (2016). Efeito de uma intervenção baseada na abordagem “Health At Every Size” sobre o consumo de alimentos ultraprocessados em mulheres obesas. São Paulo.
    • NLM

      Victor JC, Scagliusi FB. Efeito de uma intervenção baseada na abordagem “Health At Every Size” sobre o consumo de alimentos ultraprocessados em mulheres obesas. 2016 ;
    • Vancouver

      Victor JC, Scagliusi FB. Efeito de uma intervenção baseada na abordagem “Health At Every Size” sobre o consumo de alimentos ultraprocessados em mulheres obesas. 2016 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2021