Exportar registro bibliográfico

O ambiente alimentar de duas estações de metrô da cidade de São Paulo (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: LOUZADA, IARA DA ROCHA - FSP
  • School: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: ABASTECIMENTO DE ALIMENTOS; PROMOÇÃO DA SAÚDE
  • Keywords: SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL; ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL; NUTRICIONISTA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A participação crescente de alimentos não saudáveis na dieta da população brasileira indica mudanças consideráveis no seu padrão alimentar e podem estar relacionadas com o aumento da alimentação fora do domicílio. Tais alterações decorrem de diversos fatores, como por exemplo, a disponibilidade e o acesso a alimentos em determinados locais, o que, além de influenciar a dieta dos indivíduos, podem constituir ambientes alimentares promotores ou não de alimentação saudável. Nesse sentido, faz-se necessário a compreensão das características do que é comercializado em espaços onde há grande fluxo de pessoas, como é o caso das estações de metrô da cidade de São Paulo. Isso pode trazer elementos para fundamentar as intervenções do nutricionista nesses lugares. Objetivo: Analisar o ambiente alimentar de duas estações de metrô da cidade de São Paulo. Métodos: O estudo foi realizado a partir da análise descritiva dos dados coletados na Linha 1-Azul do metrô em 2017. Nesse banco de dados há informações de dois questionários sobre pontos comerciais de alimentos, disponibilidade, qualidade, variedade, preço, tipo, promoção e propaganda dos alimentos comercializados, que foram analisadas com o auxílio do software SPSS (IBM, New York, USA) e Excel (Microsoft Excel 2010). Resultados: No total, foram auditados 8 pontos comerciais. Todos comercializavam pelo menos algum tipo de alimento/bebida não saudável. Os alimentos e bebidas classificados como itens de bomboniere apresentaram variação significativa, tanto para a variedade do alimento quanto para o preço desses (Ex.: Salgadinho/Biscoito salgado – variedade média: 14,6%; Variação do preço: 200,0%). As propagandas foram observadas em 6 dos estabelecimentos auditados, sendo que todas referiam-se a alimentos/bebidas não saudáveis. Conclusão: Os espaços do metrô estudados configuram-se como um ambiente que estimula o consumo de alimentos/bebidasnão saudáveis. É necessária a execução de ações que sigam as diretrizes das políticas públicas de alimentação e nutrição e de SAN e também considerem as habilidades do profissional nutricionista, para que a promoção da alimentação adequada e saudável seja garantida aos usuários.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaIara da Rocha Louzada.pdfDirect link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOUZADA, Iara da Rocha; BÓGUS, Cláudia Maria. O ambiente alimentar de duas estações de metrô da cidade de São Paulo. [S.l: s.n.], 2018.
    • APA

      Louzada, I. da R., & Bógus, C. M. (2018). O ambiente alimentar de duas estações de metrô da cidade de São Paulo. São Paulo.
    • NLM

      Louzada I da R, Bógus CM. O ambiente alimentar de duas estações de metrô da cidade de São Paulo. 2018 ;
    • Vancouver

      Louzada I da R, Bógus CM. O ambiente alimentar de duas estações de metrô da cidade de São Paulo. 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2020