Exportar registro bibliográfico

Caracterização microestrutural e cristalografica do meteorito NWA 859 Taza (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: INACIO, RENATA VAZGAUSKA - EP
  • School: EP
  • Sigla do Departamento: PMT
  • Subject: METEORITOS
  • Language: Português
  • Abstract: Meteoritos são meteoros que resistiram à entrada na atmosfera da Terra e alcançaram o solo. Os meteoritos são agrupados em três categorias: rochosos, metálicos e mistos. Os meteoritos metálicos são compostos majoritariamente por Fe e Ni, mas podem conter menor teor de Ni, Ga, Ge, Ir, Cr, Co, Cu, As, Sb W, Re, Pt e Au. Uma forte característica dos meteoritos metálicos é a presença da estrutura de Widmanstätten, que é em muitos casos visível a olho nu. Essa estrutura se caracteriza pela presença de agulhas de uma fase α, conhecida como kamacita, envolta por uma fase γ, denominada taenita. Também é possível observar a plessita, que consiste em uma fina mistura de kamacita e taenita. Foi realizada a caracterização microestrutural e cristalográfica de uma amostra do meteorito NWA 859, encontrado em Taza, Marrocos. A amostra foi observada no microscópio óptico após ataque com reagente de Beraha, com aumentos de 50, 100, 200, 500 e 1000 vezes. Foi possível identificar a estrutura de Widmanstätten claramente em todas as imagens, mesmo com menor aumento. Na realidade, as agulhas de kamacita eram visíveis até mesmo a olho nu. A amostra também foi analisada no EBSD com aumentos de 270 e 1450 vezes. Foram gerados um mapa de fases, onde foi possível observar as agulhas de kamacita envoltas pela taenita e plessita, um mapa de orientação, onde foi possível visualizar que, no geral, não há desorientação expressiva dentro de uma mesma fase. Além disso, foram geradas figuras de polo dos planos {1 1 0}, {1 1 1} e {1 0 0} tanto da fase alfa quanto da fase gama em dois pares de grão, que confirmaram a existência da relação de Kurdjumov-Sachs em um dos pares e a de Nishiyama-Wasserman no outro. Além da análise visual da sobreposição das figuras de polo, as relações K-S e N-W também foram confirmadas com o auxílio de umsoftware, a partir dos ângulos de Euler. Por fim, foram plotados gráficos com medidas de desorientação dentro dos próprios grãos para identificar a existência de maclas. Um pico de desorientação de 60° em um grão de kamacita indicou a existência de macla. Não foram encontradas evidências de macla no grão de taenita analisado.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaRENATA VAZGAUSKA INACIO_T...Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      INACIO, Renata Vazgauska; MONLEVADE, Eduardo Franco de. Caracterização microestrutural e cristalografica do meteorito NWA 859 Taza. [S.l: s.n.], 2018.
    • APA

      Inacio, R. V., & Monlevade, E. F. de. (2018). Caracterização microestrutural e cristalografica do meteorito NWA 859 Taza. São Paulo: EPUSP.
    • NLM

      Inacio RV, Monlevade EF de. Caracterização microestrutural e cristalografica do meteorito NWA 859 Taza. 2018 ;
    • Vancouver

      Inacio RV, Monlevade EF de. Caracterização microestrutural e cristalografica do meteorito NWA 859 Taza. 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2020